A ponte que agora liga os estados do Acre e Rondônia ficou pronta este mês. Atualmente, o transporte de pessoas e mercadorias só é possível por meio de balsas e , com a conclusão da ponte, as balsas serão desativadas.

Para um veículo de passeio, a taxa pra atravessar o Rio Madeira na balsa é de R$ 20 e, somadas a ida e volta, o motorista chega a pagar R$ 40. O valor varia conforme o tamanho e peso do veículo. As taxas podem chegar a R$ 290, dependendo do veículo. José Afonso é caminhoneiro e passa pela balsa há 40 anos, ele diz que chega a gastar R$ 1,2 mil.

“Toda vez que eu passo pra lá com o caminhão eu pago R$ 160 para lá, aí de lá pra cá, R$ 160. O caminhão grande paga R$ 220”, disse.

A funcionária pública Denise Andrade foi estava indo para uma consulta médica em Rondônia com a família. Ela mora no Acre e diz que a ponte vai diminuir muito tempo de viagem.

“Isso é um sonho antigo. Antes de mim, esse sonho já existia e aí isso vai viabilizar nossa viagem, nossa passagem, vai adiantar muito a nossa chegada. O que antes demorava cinco horas com estrada boa, sete horas com estrada ruim, agora a gente vai ter uma passagem mais rápida e é um sonho mesmo essa integração dos estados”, diz.