Em sessão ordinária realizada na manhã desta segunda-feira (01), os vereadores do município de Pimenta Bueno decidiram trancar a pauta e não votar nenhum projeto encaminhado pelo poder executivo que fosse de extrema urgência, caso o código tributário não fosse rediscutido.

Na decisão de trancar a pauta, os parlamentares alegaram que havia um compromisso de o poder executivo encaminhar um documento até o dia 30 de Março à casa de leis para a criação de uma comissão para discutir proposta de alteração do código tributário municipal, mas não houve manifestação até a data, porém dois dias depois da decisão tomada pelos vereadores, o prefeito encaminhou o documento.

O documento foi protocolado na manhã da quarta-feira (03). A Câmara estará indicando membros para fazerem parte desta comissão. De acordo com os vereadores, a intenção é corrigir os possíveis erros existentes com relação a cobranças de tributos feitas à comunidade. IPTU, taxa de lixo e Alvarás, são algumas das demandas.

A pauta volta a seguir normalmente na câmara de vereadores, tendo em vista que o prefeito encaminhou o documento, mas caso as alterações sejam apontadas e mesmo assim as discussões não avancem, possivelmente pode ser trancada novamente.

Os vereadores destacam que a prioridade é o código tributário, rever situações que não condizem com a condição financeira da população,

 Assessoria