Na noite de terça-feira (14), as guarnições de polícias que compõem a ‘Operação Paz no Campo e os líderes do movimento Liga dos Camponeses Pobres (LCP) que estão na região da fazenda Nossa Senhora Aparecida, entraram em conflito em Chupinguaia.

De acordo com a Polícia Militar enquanto os militares realizavam abordagem em pessoas e veículos no cruzamento da RO-370 com a linha MC 01, que dá acesso ao acampamento da LCP, foram surpreendidos por artefatos incendiários (coquetel molotov), bombas explosivas e rojões.

Segundo os policiais as bombas foram lançadas nas viaturas policiais com auxílio de estilingue enquanto gritavam palavras de ordem e de ofensas.

A Polícia afirmou que para manter a integridade dos policiais e evitar danos nas viaturas, as guarnições saíram do local. Porém o grupo criminoso avançou sendo necessário disparos de calibre 12 com munições de borracha para então sair da localidade com segurança.

DIÁRIO DA AMAZÔNIA