Corpo de motorista foi encontrado com sinais de disparos de arma de fogo em Porto Velho — Foto: WhatsApp/ reprodução

Cinco policiais civis da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) foram atacados a tiros por criminosos quando faziam uma investigação, no começo desta semana, em Porto Velho. Os suspeitos do ataque são os principais envolvidos no assassinato do empresário Henrique Fernando Barbosa Silva, dono de uma pet shop.

De acordo com a polícia, os agentes da DECCV tinham recebido informações de que dois dos suspeitos envolvidos na morte de Henrique estavam naquele momento no bairro Mocambo.

Diante da denúncia, os agentes se deslocaram até a rua 13 de setembro com a Jacy Paraná. Não localizando os suspeitos no bairro, os policiais decidiram retornar à delegacia e neste momento eles foram surpreendidos com os tiros. A polícia revidou e houve troca de tiros, mas ninguém se feriu.

"Os alvos não estavam em vista, então decidimos retornar. Neste momento um dos suspeitos [que imediatamente foi reconhecido] começou atirar contra nós. Foi quando pedimos o apoio da Polícia Militar, que esteve presente", disse um dos investigadores atacados.

 

Diante do apoio policial, os suspeitos fugiram do local e não foram encontrados.

Crime

 

A vítima, Henrique Fernando Barbosa Silva, foi morta em 11 de março deste ano, após um dos suspeitos do crime não concordar com o valor cobrado no pet shop.

O corpo da vítima foi encontrado em um carro com marcas de tiros no bairro Areal em Porto Velho, próximo ao Mocambo.

 

Foragidos

 

Os suspeitos do homicídio de Henrique foram identificados como André Ezequiel de Miranda Junior e Gerônimo da Silva Sousa Filho. A Justiça já autorizou mandados de prisão preventiva contra eles (veja as fotos deles abaixo).

A Polícia Civil afirma contar com a ajuda da população para chegar na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feita pelo telefone 197, da Civil. A pessoa não precisa se identificar. Outro contato é o WhatsApp da própria Delegacia de Homicídios: (69) 9 8479-9243.

G1RO