Na manhã desta segunda-feira (09), a Câmara de Vereadores de Pimenta Bueno, aprovou moção de aplausos, concedida a Igreja Batista Central.

A homenagem proposta pelos vereadores Alexandre Oliveira (PSB) e Sidnei Marcos (PTB) teve aprovação unânime entre os edis.

Os parlamentares fizeram questão de parabenizar às ações desenvolvidas pela igreja ao longo de 40 anos no município, e descaram, “igrejas e escolas fazem a diferença na vida das pessoas em qualquer cidade. Seria muito bom se tivéssemos mais escolas e mais igrejas”.

Confira justificativa;

A Igreja Batista Central tem sua história iniciada no ano de 1979, pelo Pastor José Bento Sobrinho e sua esposa Eunice Franco Sobrinho. Começaram os trabalhos de uma forma bem simples, debaixo de um telhado de lonas de plástico e sem paredes, localizado na Avenida Rotary Club, número 596, bairro Pioneiros, espaço cedido pelos irmãos Narciso, Milintino e Abel, todos indígenas.

Com aproximadamente 46 membros no dia 13 de maio de 1979 aconteceu a primeira reunião, culto ao Senhor Jesus Cristo fundando assim a Igreja Batista Central de Pimenta Bueno.

Ainda no ano de 1979 construiu-se o primeiro prédio, situado na Avenida Presidente Dutra, número 445, bairro Pioneiros. Nos anos seguintes houve um grande acréscimo de membros tornando o prédio pequeno e provocando a necessidade de construção de um prédio maior.

Em 1985, apesar de poucos recursos financeiros foi construído um prédio maior, porém, provisório no mesmo endereço da sede de hoje, mas o sonho de ter um prédio definitivo levou os membros da Igreja a juntarem força e fé e num passo ousado começaram as obras, as bênçãos de Deus recaíram sobre a igreja, e no dia 28 de agosto de 1993 foi inaugurado o prédio atual e desde então é a sede da Igreja, localizada à Avenida Expedicionários, número 175, bairro Apidiá.

Toda e qualquer ação social esta ligada diretamente a nossa principal finalidade que é de evangelizar, anunciar as boas novas, praticar e ensinar o que Jesus Cristo deixou como padrão.

A Igreja tem caminhado lado a lado com as instituições públicas com vistas ao desenvolvimento social dos munícipes. Para isso, eventualmente, realiza ação social nas praças, escolas e ruas, abordando temas sobre drogas, suicídio, abusos sexual infantil, entre outros, e desta forma conscientiza e ajuda ao próximo, buscando de diferentes formas melhorar a vida das pessoas. A Igreja também promove ações solidárias, como doação de cestas básicas, contando com ajuda de voluntários membros da Igreja, que se esforçam em imitar o maior exemplo de todos, Jesus Cristo.

 Assessoria